3 aplicativos para um monitoramento eletrônico conectado

Investir em conectividade para estruturar o serviço de monitoramento eletrônico pode ser uma saída para driblar a crise econômica.

Investir em conectividade para estruturar o serviço de monitoramento eletrônico pode ser uma saída para driblar a crise econômica. A Segware, líder em contas monitoradas no Brasil, desenvolveu três aplicativos com focos distintos para o segmento de monitoramento eletrônico: OS Mobile, VTR Mobile e My Security. A integração pessoas-dados-dispositivos resulta em melhores índices de desempenho e maior preparo para enfrentar momentos de instabilidade.

Investir em conectividade para estruturar o serviço de monitoramento eletrônico pode ser uma saída para driblar a crise econômica?

Sim. A Anatel projeta para 2018 cerca de 416 milhões de aparelhos smartphones no Brasil. Se comparado ao número de habitantes do país, serão 2 aparelhos por pessoa no próximo ano. Além do franco crescimento do número de dispositivos, a frequência de uso também aumentou e está mais aderente à vida das pessoas. A mesma pesquisa também mostra que pessoas mais jovens tendem a usar amplamente o smartphone para resolver tarefas diárias, para transações bancárias, pedidos para delivery de comida e para transporte privado urbano, por exemplo.

O uso frequente dos aplicativos chamou a atenção de várias empresas de monitoramento eletrônico que identificaram duas oportunidades: tornar mais eficiente a comunicação entre as equipes e oferecer mais conforto e confiança ao cliente final.

A conectividade permite colocar pessoas-dados-dispositivos em uma mesma janela de conversa. Afinal, encomendar o jantar enquanto se está indo para casa de Uber já é uma cena urbana comum nos dias de hoje. Em alguns casos, o aplicativo já sugere com base no perfil do usuário o que ele gostaria de comer à noite, sugestão, por sua vez, criada a partir do seu histórico médico ou páginas curtidas em redes sociais, etc.

O poder de integrar pessoas-dados-dispositivos de maneira estruturada, com ferramentas desenhadas para a demanda específica de um segmento, pode ser mensurado em diversos indicadores de desempenho. Para empresas de monitoramento eletrônico, reduzir o tempo e o custo com ligações entre operador e técnico/atendente, técnico/atendente e operador, operador e cliente, cliente e operador é a vantagem primária que mais se destaca.

A Segware, líder em contas monitoradas no Brasil, desenvolveu três aplicativos com focos distintos para o segmento de monitoramento eletrônico. A seguir, entenda como funciona a integração dos aplicativos com o Sigma Security.

Pessoas, dados e dispositivos envolvidos no monitoramento eletrônico conectado.

OS MOBILE: visibilidade para todas as tarefas

Operadores, atendentes, técnicos e clientes conseguem abrir uma ordem de serviço no OS Mobile, registrando a situação por texto e anexando fotos e documentos.

Os motivos mais frequentes para abertura de uma ordem de serviço são problemas na comunicação com a central de alarme situada no perímetro monitorado (bateria fraca, sinal fraco ou oscilando).

Como funciona a integração com Sigma:

A integração com o Sigma pode ser exemplificada assim:

1. Um evento de sinal fraco na central do cliente é gerado.
2. O sistema Sigma recebe o evento.
3. O operador identifica a necessidade de abrir uma OS para reparo.

Neste momento, o operador pode endereçar a OS tanto para o técnico quanto para o atendente. Caso a OS seja direcionada a um atendente, a OS também poderá ser visualizada no VTR Mobile.

4. O operador abre uma OS e registra o comentário.
5. O técnico recebe a OS no OS Mobile e se desloca até o local para verificar o problema.
6. O técnico registra seus comentários e inclui fotos do local.
7. O técnico conclui ou encerra a OS.
8. A OS aparece com status concluída ou encerrada no Sigma e nos demais aplicativos.

Para os perfis atendente e técnico, as ordens de serviço podem ser visualizadas e editadas. Apenas operadores e clientes podem, além disso, criar novas ordens de serviço.

VTR MOBILE: sistema, operadores e técnicos conectados

O VTR Mobile foi desenvolvido para a comunicação com os atendentes em viaturas, justamente para acelerar o tempo de reação do tratamento da ocorrência e possibilitar um deslocamento mais rápido até o local monitorado.
Neste aplicativo, o atendente tem acesso, portanto, a ordens de serviço e a eventos de deslocamento de viatura. É permitido visualizar e editar esses cadastros, bem como encerrá-los.

Como funciona a integração com Sigma:

A integração com o Sigma pode ser demonstrada desta maneira:

1. O alarme é disparado.
2. O Sigma recebe um evento de disparo de alarme.
3. Neste evento estão configuradas ações, uma delas de deslocamento de viatura.
4. O evento é enviado para o VTR Mobile.
5. O atendente visualiza o evento pelo aplicativo e se desloca até o local monitorado.
6. No local, o atendente registra seus comentários e anexa fotos ao evento.
7. Por último, o atendente pode finalizar ou encerrar o evento.
8. Os dados incluídos pelo atendente ficam.

O deslocamento pode acontecer logo após a chegada do evento de alarme ou depois da checagem das imagens das câmeras, caso o perímetro monitorado tenha um CFTV.

MY SECURITY: conforto e confiança para o cliente final

Este aplicativo é direcionado para o cliente final da empresa de monitoramento. Entre as suas características, estão as funcionalidades de arme e desarme de alarme, visualização das imagens das câmeras de segurança, abertura de ordens de serviço, emissão de segunda via de boleto bancário e recebimento de alertas via notificações push. O aplicativo pode ser personalizado com as cores e a marca da empresa de monitoramento, funcionando como um instrumento para exposição da marca e incentivando a fidelização de clientes por sua praticidade.

Para as empresas que já trabalham com a modalidade on demand de monitoramento, o cliente final também poderá realizar os chamados através do My Security. Em breve, o aplicativo também contará com alerta de eventos de segurança pessoal (pedido de ajuda ou botão de pânico).

Como funciona a integração com Sigma:

A integração com o Sigma pode ser exemplificada por esta sequência:

1. O alarme é disparado.
2. O Sigma recebe um evento de disparo de alarme.

Neste momento, dependendo do tipo de evento e de suas configurações, um evento de deslocamento de viatura é enviado para o VTR Mobile.

3. Em seguida, o sistema envia uma notificação push para o My Security informando sobre o evento.

Qualquer evento gerado pela central de alarme ou pela central de monitoramento pode ser visualizado no aplicativo My Security. O app permite que o cliente final tenha acesso a todos os dados da conta, eventos vinculados e ações tomadas.

Restou alguma dúvida sobre o assunto ou possui alguma sugestão? Compartilhe conosco abaixo pelos comentários.