Boas práticas em gestão de clientes de segurança

Uma boa gestão de clientes de segurança envolve a oferta de diferentes produtos, apoio de soluções tecnológicas, análise de relatórios e perfil ativo do departamento de RH.

Nós falamos com frequência aqui nosso blog sobre modelos de gestão e dicas de tecnologia para aprimorar os serviços prestados por uma empresa de segurança. Afinal, em um segmento que cresce cada vez mais, é essencial estar atento à necessidade de mudanças. Portanto, destacamos agora, algumas boas práticas em gestão de clientes de segurança para que a sua empresa possa observar bons resultados.

Apresentar diferentes opções de produtos ao cliente

É interessante que uma empresa de segurança possa oferecer a mais variada gama de equipamentos aos clientes. Trata-se de todo o tipo de equipamentos – câmeras, alarmes, sensores, softwares e etc. Produtos de vídeo monitoramento e sistemas de controle de acesso são os destaques da segurança eletrônica e o gestor deve trabalhar pela oferta dessas ferramentas – não só no momento da contratação, mas ao longo de todo o serviço prestado.

Ter disponíveis soluções tecnológicas

Para complementar o tópico anterior, alguns softwares podem ajudar bastante a gestão de clientes de segurança. Esses sistemas apresentam panoramas completos da infraestrutura instalada como, por exemplo, em patrimônios prediais, sejam eles comerciais, industriais ou residenciais. Além disso, estas soluções monitoram, apontam erros e tornam o trabalho mais automatizado e assertivo como um todo. Esse aspecto é fundamental para empresas que possuem uma grande carteira. Assim, não é necessário ficar contratando pessoal a cada novo cliente – o investimento em um software é relativamente capaz de suprir essa demanda.

Gestão estratégica por meio da análise de relatórios

Em nosso ramo, entregar somente o “feijão com arroz” não basta. É necessário inovar sempre e, para isso, o gestor de uma empresa de segurança deve ter uma estratégia para cada cliente atendido. Nesse sentido, você pode se basear em relatórios de atividades fornecidos por softwares específicos para empresas de segurança. Esse documento é repleto de dados importantes que, após uma interpretação mais analítica, é capaz de apontar gargalos e novas possibilidades de atendimento.

Outra solução que agrega valor para tomada de decisão dentro das empresas é o Bi (Business Inteligence) que eleva o nível de informações e dados para outro patamar, oferecendo informações como: qual região existe um maior número de disparo? Qual dia do mês ocorreu o maior número de atendimentos de um determinado evento? Mediante a estas e vários outros pontos que são possíveis de obter, sua gestão poderá estar tomando decisão de negócio para melhor “saúde” e rentabilidade de sua empresa.

Incentivar um perfil ativo do RH

Para se ter uma gestão de clientes de segurança assertiva, é imprescindível contar com o apoio dessa área. É necessário que esses profissionais realizem investimentos em recrutamento, capacitações frequentes e, principalmente, zelem pela qualidade de vida da equipe. A reciclagem de conteúdo e conhecimento é imprescindível para manter o time engajado com as boas práticas e objetivos da empresa.

Possui alguma sugestão sobre o tema ou ficou com alguma dúvida? Compartilhe abaixo pelos comentários.