Como a gestão de OS em empresa de segurança pode gerar economia

Uma boa gestão de OS em empresa de segurança exige investimento em tecnologia de ponta. O sistema deve ser capaz de fornecer informações em tempo real e gerar informações relevantes.

Gerenciar equipes técnicas e, ao mesmo tempo, fazer o controle das ordens de serviço (OS) pela internet é o “calcanhar de Aquiles” de muitas empresas, principalmente aquelas inseridas em nosso mercado. Afinal, uma boa gestão de OS em empresa de segurança é capaz de gerar economia de recursos – objetivo de todo o gestor. Pensando nisso, seguem formas de realizar esse processo dentro de sua organização.

Escolha um sistema que forneça informações relevantes de cada OS

Para que a gestão de OS em empresa de segurança possa demonstrar benefícios, é fundamental que o gestor tenha em mãos um software adequado de gerenciamento. Esse sistema deve fornecer informações precisas de cada ordem de serviço, como localização, data e hora de agendamento, situação da demanda, informações relevantes sobre o cliente e o local, e responsável pelo chamado.

Esses são dados primordiais para que um atendimento técnico seja realizado com eficácia e, consequentemente, para que sua organização seja reconhecida pela assertividade no atendimento prestado. Também é importante escolher uma solução que permita a abertura, edição, execução, pausa e fechamento da OS em tempo real.

Invista em tecnologia de ponta para aprimorar o processo

Caso ainda não possua um sistema responsável pela gestão de OS em empresa de segurança, preste atenção nesta dica: a tecnologia é capaz de auxiliar tanto quem gerencia uma empresa, quanto quem se dedica à parte operacional. Portanto, pense grande quando for escolher um sistema de ordem de serviço.

Com base em nossa experiência de mercado, recomendamos soluções que permitam fácil integração aos demais recursos pré-existentes, além daquelas que estejam disponíveis na nuvem. Ainda que os custos sejam um pouco mais elevados, os benefícios fazem o investimento valer a pena: mobilidade no atendimento, maior agilidade e produtividade, redução de custos operacionais e, por fim, possibilidade de que o técnico confira em tempo real se os eventos gerados para teste foram recebidos na central de monitoramento.

Esta economia fica ainda mais evidente em grandes centros, onde o deslocamento é um problema constante. Ao substituir a OS em papel, no formato tradicional, pelo digital, é possível economizar tempo em deslocamento, permitindo atender mais ordens de serviço por dia.

Faça uma análise periódica dos relatórios de OS

Sistemas de gestão de OS em empresa de segurança permitem a visualização de relatórios de atendimento técnico, além do histórico de eventos de cada cliente. A análise desses dados é primordial para que a produtividade do seu negócio não seja comprometida. Nesse sentido, é possível dimensionar a capacidade de cada colaborador responsável por atender as OS’s e avaliar se está acima ou abaixo da média. O ideal para um bom atendimento é que haja equilíbrio na carga de trabalho.

Restou alguma dúvida sobre o assunto ou possui alguma sugestão? Compartilhe conosco abaixo pelos comentários.