Entenda como funciona o HVR ou DVR Híbrido

O HVR ou DVR híbrido é um aparelho eletrônico onde podem ser visualizadas e gravadas imagens tanto de câmera analógica quanto de câmera IP.

O HVR ou DVR híbrido é um aparelho eletrônico onde podem ser visualizadas e gravadas imagens tanto de câmera analógica quanto de câmera IP. Muitas empresas de monitoramento eletrônico não migraram ou ainda estão migrando para CFTVs digitais, o DVR híbrido é uma alternativa para operar com os dois sistemas, analógico e digital, ao mesmo tempo.

O HVR (Hybrid Video Recorder) ou DVR híbrido é um aparelho utilizado em sistemas de segurança para integrar a gravação e reprodução das imagens capturadas por câmeras analógicas e câmeras IP em um perímetro monitorado.

Imagens capturadas por câmera IP e câmera analógica.

Semelhante ao computador, o HVR opera com sistema operacional LINUX e apresenta alguns padrões de compactação, transmissão e armazenamento de vídeo de acordo com o modelo e o fabricante. Também é possível realizar a captação de áudio com diferentes tipos de codificação dependendo do modelo/marca.

Cada HVR possui um software de gerenciamento CMS embarcado, normalmente simples de usar e de fácil configuração. Este tipo de software é diferente de um software de monitoramento por imagem, portanto deve ser evitado por empresas de monitoramento profissionais que gerenciam muitos clientes de uma mesma central.

Principais funções de HVR

O HVR apresenta funções essenciais para o sistema de CFTV, são elas:

• Monitoramento em tempo real: saídas VGA e HDMI para visualização dos vídeos ao vivo.

• Armazenamento: formatos específicos de gravação em HD para garantir a integridade e a segurança dos dados.

• Compressão: tecnologia para diminuir o tamanho de arquivos de áudio e vídeo em tempo real para assegurar estabilidade na transmissão.

• Back up: local via USB e remoto via cabo ethernet. Alguns modelos têm a opção de baixar os arquivos do HD para o computador.

• Reprodução: de vídeos gravados em tempo real em canais simultâneos remotamente ou localmente.

Antes de iniciar a utilização do HVR, alguns modelos necessitam da instalação do HD no equipamento. Outros modelos, no entanto, podem ser vendidos com HD já instalado.

Software CMS do HVR

O HVR vem de fábrica com um software CMS (Content Management System) embarcado cuja função é operar as imagens em tempo real ou gravadas das câmeras conectadas. Portanto, cada modelo de HVR terá um software CMS diferente.

Geralmente, as funcionalidades do CMS do HVR incluem detecção de movimento, configurações de rede, de encoder e de PTZ, ajustes de imagens, função para limpeza de dados e permissão de acesso a usuários. Os parâmetros configurados são específicos daquele HVR, para utilizar o mesmo conjunto de configuração em outros HVR é necessário usar a função de importação e exportação de dados.

O software CMS embarcado no HVR, portanto, consegue controlar com algumas limitações apenas um CFTV. Além disso, integrações importantes com outros CFTVs (um perímetro extenso, por exemplo) e dispositivos de alarme ficam submetidas à capacidade do HVR. Alguns modelos dispõem de entradas para outros dispositivos (sensores, luz de emergência, businas).

Eventuais falhas do HVR

Algumas falhas operacionais podem ocorrer durante a utilização do HVR. A seguir estão listadas as mais comuns com suas possíveis causas.

O HVR não inicia normalmente: a fonte ou o cabo de alimentação pode estar com defeito, a atualização do HVR não foi bem sucedida, o HD está corrompido ou é incompatível ou ainda a placa principal do HVR está com defeito.

O HVR reinicia automaticamente ou para de funcionar em seguida: há oscilação de tensão na rede elétrica, o HD está corrompido ou é incompatível, a potência da fonte de alimentação está errada ou ainda o hardware do HVR está com defeito.

O CMS não consegue detectar o HD: o cabo de alimentação do HD está desconectado ou com mal contato, o HD está danificado, a porta SATA da placa principal está com defeito ou ainda a fonte de alimentação está danificada.

As imagens não estão sendo transmitidas: o firmware está desatualizado, o brilho da imagem está próximo de zero (restaurar padrão), não há sinal na entrada de vídeo ou ainda o hardware do HVR está danificado.

Alteração na cor ou no brilho das imagens durante a transmissão em tempo real: padrões de imagem estão incorretos (alterar para NTSC ou PAL), o HVR não responde à frequência do monitor, transmissão de vídeo à longa distância com perda de sinal ou ainda a definição de cor e brilho do HVR está incorreta.

Restou alguma dúvida sobre o assunto ou possui alguma sugestão? Compartilhe conosco abaixo pelos comentários.