Como internacionalizar o serviço de monitoramento eletrônico?

Como se diferenciar no mercado competitivo e continuar mantendo a rentabilidade da sua empresa? Uma alternativa pode ser a internacionalização do serviço.

Grandes cidades geralmente são bons cenários para oferta de monitoramento eletrônico. A questão é: todo mundo sabe disso. Então, como se diferenciar no mercado competitivo e continuar mantendo a rentabilidade da sua empresa? Uma alternativa pode ser a internacionalização do serviço de monitoramento. Atuar em países vizinhos amplia seus conhecimentos sobre o business de monitoramento e é uma oportunidade de aumentar a rentabilidade da empresa. Pontos-chave precisam ser levados em conta, como a questão legal para atuação em outro país e a robustez do software de monitoramento. A Segware já atua na América Latina desde de 2011 e entende que para atingir um crescimento sólido, alinhando expertise e rentabilidade, é preciso estar presente em outros países.

Micro e pequenas empresas situadas em grandes cidades geralmente enfrentam desafios com a alta competitividade. A demanda por monitoramento na cidade de São Paulo, por exemplo, é muito grande, mas a oferta também é enorme, proporcional ao tamanho do mercado da metrópole. Por outro lado, em cidades do interior, não há um número muito elevado de concorrentes, mas a demanda é muito menor.

Uma alternativa para escapar da estagnação nos negócios é atuar em países vizinhos. Graças a tecnologia IP (câmeras IP e painéis GPRS), todo tráfego de dados do monitoramento pode ser feito através da internet. Com isso, você pode atuar em qualquer lugar do mundo, basta entender o aspecto legal do serviço e conhecer um pouco o mercado local. Sobre o ponto de vista técnico, há alguns pontos de atenção, principalmente com relação ao software que você utiliza.

Levando isso esses elementos em consideração, internacionalizar pode aumentar seu expertisesobre monitoramento e ampliar receitas.

Internacionalizar pode ser uma saída para aumentar a rentabilidade

Matias, nosso consultor de vendas para América Latina, conta que o mercado internacionalapresenta algumas diferenças no comportamento dos consumidores. No segmento de monitoramento eletrônico, por exemplo, existe uma peculiaridade que pode ser rentável pelo baixo custo que apresenta, é o monitoramento on demand, ele explica:

“Em outros países, é muito comum a oferta do serviço de monitoramento na modalidade on demand, ou seja, o próprio cliente final de monitora e decide quando acionar a viatura. A precificação é feita pelo número de deslocamentos, levando em consideração a distância percorrida. Deslocamentos em falso, neste caso, também são cobrados, já que não há o pagamento de uma mensalidade.” – Matias, consultor de vendas LATAM na Segware

monitoramento on demand é uma das funcionalidades disponíveis no aplicativo My Security.

O Sigma já está pronto para você internacionalizar seu serviço de monitoramento

Sigma é capaz de trafegar dados via telefonia e via internet.

Para atuar fora do Brasil, é interessante trabalhar com painéis de alarme que comunicam no modo GPRS e IP. Dessa forma, basta informar o endereço de IP ou DNS de comunicação e os eventos chegarão normalmente aqui no Brasil.

Caso a infraestrutura de internet do país visado não seja adequada, você tem uma alternativa. O Sigma disponibiliza o aplicativo Sigma Transmissor, que permite receber eventos de linha telefônica (receptora física de linha) em um computador que esteja qualquer lugar do mundo e transmitir esses eventos via Ethernet para a central de monitoramento.

As integrações que o Sigma oferece, com aplicativos e Sigma Image Monitoring (VMS da Segware), o monitoramento internacional ganha agilidade e precisão.

A Segware sabe como internacionalizar é importante para o negócio

Desde 2012, passamos a atuar no mercado internacional, com o foco principalmente na América Latina. Atualmente, estamos em 12 clientes internacionais (Uruguai, Peru, Equador, Colômbia, Costa Rica, Nicarágua, México e Honduras) e presentes em 8 países.

A participação em feiras e eventos internacionais visa justamente conhecer o público e as tecnologias oferecidas para este setor em outros países. Estivemos presentes na Exposec México, ISC Vegas, Cumbre Alas Miami e Exposec Bogotá em 2017.

A perspectiva é de fortalecer parcerias nos Estados Unidos para tecnologia e expandir nos países onde já estamos presentes.

Restou alguma dúvida sobre o assunto ou possui alguma sugestão? Compartilhe conosco abaixo pelos comentários.