Rastreamento veicular: um serviço que sua empresa pode oferecer

Vamos mostrar por que vale a pena sua empresa oferecer esse serviço, onde e por quem ele pode ser utilizado.

Com o aumento do número de veículos circulando no país, as ocorrências de furto e roubo de automóveis vêm se tornando alarmantes. Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a frota de veículos no Brasil cresceu 119% em dez anos, e a tendência é de seguir aumentando. Com isso, cidades com grande circulação de veículos, como São Paulo, por exemplo, registram crescentes índices de roubos, como mostra a reportagem do Portal G1. A recuperação desses roubos é bem baixa. Uma medida de proteção e segurança tanto pessoal quanto corporativa que se destaca nesse contexto é o rastreamento veicular, tecnologia famosa no país a partir dos anos 2000 e que vem se tornando popular com sua redução de custo. Hoje vamos mostrar por que vale a pena sua empresa oferecer esse serviço, onde e por quem ele pode ser utilizado.

O rastreamento veicular funciona de maneira bem simples: um localizador é instalado dentro do carro e fica constantemente em contato com a central de segurança. O serviço pode ser oferecido tanto a pessoas físicas, que desejam proteger seu carro particular, quanto a empresas que possuem frotas para entrega, distribuição, transporte de carga, dentre outros. Em relação a um veículo particular, muitas vezes o que está em jogo é a vida do motorista e/ou do passageiro. Em casos de sinistro, o automóvel pode ser rápida e facilmente localizado pela central de segurança, o que determina uma ação mais ágil e eficaz das autoridades, evitando assim o “desaparecimento” do veículo, seu desmanche ilegal e evitando até tragédias maiores. Também vale lembrar o contratante que com o rastreamento veicular instalado, o valor do seguro do automóvel diminui consideravelmente.

O serviço também pode ser oferecido a empresas que necessitam acompanhar suas frotas para garantir que transitem em direção a seu destino de forma segura. Os sistemas de rastreamento veicular podem ser aplicados em diversas situações, tais como: controle da logística de carretas e caminhões; transporte público; máquinas agrícolas (sobretudo com a expansão da agricultura de precisão). Cabe reforçar para a empresa contratante que o rastreamento veicular não é um custo a mais, e sim um investimento em segurança, que pode gerar dados importantes para a mensuração de produtividade e da qualidade do produto ou serviço final ofertado. É possível, por exemplo, através de um banco de dados armazenado na central de segurança, checar o histórico da frota, o consumo de combustível, a quilometragem, os tempos de parada e a velocidade. Com esses dados, pode-se fazer uma análise geral dos percursos.

Diante de todas essas possibilidades e da alta demanda de mercado, o rastreamento veicular é um forte filão a ser explorado pela sua empresa, com forte apelo aos clientes nos quesitos proteção e segurança. O interesse de quem quer contratar será ainda maior se o serviço puder ser integrado com outras soluções de segurança.