Saiba 3 cuidados que você deve ter com seu painel de alarme

Conheça algumas medidas que você deve ter com seu painel de alarme para aumentar a segurança do seu estabelecimento.

Sistemas de segurança são usados em diversos tipos de imóveis, desde os particulares até os industriais. Sua principal função é proteger o local contra roubo e intrusos. Resumidamente, os sistemas de segurança são formados por um painel de alarme, um teclado, sensores, sirenes e baterias. Com o painel de alarme temos todo o controle de um sistema de segurança. Ele pode ser dividido por zonas ou setores e também é programável, permitindo, por exemplo, o arme e o desarme automático do alarme. Mas é preciso tomar algumas medidas para aumentar a segurança do seu estabelecimento. Neste post, você fica sabendo 3 cuidados que deve ter com seu painel de alarme.

Instalação

Antes de efetuar a instalação, é preciso verificar se o local é adequado. O indicado é que não seja uma área com muita umidade, pois pode afetar o funcionamento do painel, principalmente em soldas e possíveis oxidações no equipamento. Optar por um ponto com pouca visibilidade e nunca utilizar a mesma fiação da energia elétrica geral são fatores que proporcionam maior segurança e menos interferência na transmissão dos sinais. Também é importante que seja certificado que, no local onde o painel de alarme será instalado, tenha sinais de qualidade para a transmissão dos eventos, tanto Rádio, GPRS, Ethernet ou Linha Telefônica. A qualidade e disponibilidade destes meios de comunicação são totalmente responsáveis pela a assertividade e o tempo de resposta da empresa de monitoramento.

Bateria

O ideal é que o painel de alarme seja instalado em uma linha telefônica e em uma rede elétrica independentes das usadas pelo estabelecimento. Contudo, o mais importante é que o painel tenha uma bateria de emergência, que é automaticamente acionada quando ocorre falta ou corte de energia. Usualmente, as baterias possuem 12 volts e alimentam o painel por em média 24 horas. Para um bom funcionamento, é fundamental que a empresa busque baterias de qualidade, obtendo uma maior vida útil e menor manutenção da mesma. Por fim, é importante que a empresa de monitoramento controle em seu software/solução de monitoramento de alarmes os eventos de falha de bateria e verifique frequentemente se a bateria está carregada e faça a sua substituição sempre que necessário.

Manutenção

De forma geral, o sistema de segurança precisa de pouca manutenção. O teclado deve ser limpo com um pano levemente úmido, nunca molhado, para retirar apenas a poeira acumulada sobre a teclas. Já a bateria de emergência precisa ser testada e substituída sempre que necessário. Outro ponto importante é manter atualizado o equipamento com as últimas versões de firmwares lançados pelo fabricante do mesmo. Caso você seja um usuário final, não é recomendado realizar a manutenção do equipamento sozinho, sempre solicite a visita de um técnico especializado do seu provedor de segurança.

Ficou com alguma dúvida? Compartilhe nos comentários abaixo.