3 razões por que tratar eventos de alarme com imagem é mais fácil

Neste post, listamos 3 razões pelas quais a combinação do monitoramento de alarmes com imagens do CFTV contribui para a motivação da equipe.

[dot_recommends]

O trabalho dentro da central de monitoramento exige muita atenção, a repetição de procedimentos é necessária para garantir um padrão de qualidade em todos os atendimentos.

Ao mesmo tempo, essa rotina pode gerar sentimentos de cansaço e de pressão na equipe. A responsabilidade é grande, claro, mas a operação de monitoramento pode ser mais fácil se agregar a utilização de imagens. Gravamos um vídeo inclusive contando como a tecnologia pode agregar mais eficiência para a operação.

Oferecer o serviço de monitoramento por câmeras pode aumentar a receita da empresa, retomar seu crescimento, ser um diferencial competitivo e ainda facilitar o trabalho de quem precisa estar sempre atento e presente na central.

Neste post, listamos 3 razões pelas quais a combinação do monitoramento de alarmes com imagens do CFTV contribui para a motivação da equipe.

Veja os motivos que destacamos:

A segurança é maior quando existem imagens do local

No monitoramento só por alarmes, toda operação é baseada no disparo do sensor. Com isso, o trabalho da central se torna muito mais reativo do que ativo.

Além de deixar de prevenir sinistros, não ter imagens do local pode atrasar investigações e tornar a operação mais cara.

Isso porque o disparo do alarme pode ter acontecido por um descuido, mas o procedimento que exige a confirmação é padrão nas empresas.

Então, sem imagens, o tempo de atendimento é maior para checagem da ocorrência e o número de deslocamentos em falso também sobe.

Agora, se há um CFTV no perímetro monitorado, as imagens garantem uma confiabilidade maior do serviço, geram provas para a investigações policiais e a viatura só vai até o local caso seja constatada uma ocorrência real.

Por isso que…

É mais rápido tratar eventos de alarme com imagem

O operador tem acesso às imagens que antecederam o disparo do alarme e consegue analisar com mais detalhes o que aconteceu no cliente.

A possibilidade de “voltar no tempo” é uma vantagem tanto para o cliente quanto para a empresa de monitoramento. Em algumas situações, a empresa fica muito exposta, tendo apenas a palavra do cliente como prova. As imagens, portanto, garantem que as ações sejam tomadas em cima de fatos.

O tempo de reação para enviar uma viatura também é menor, porque substitui a necessidade de uma confirmação por telefone caso seja constato um sinistro em curso.

No vídeo que gravamos, falamos mais sobre esse assunto.

Quando o operador for tratar um eventos de alarme com imagem, portanto, será mais rápido ver o que aconteceu ou está acontecendo no local.

Quando os softwares estão integrados diminui o retrabalho

Além de melhorar a agilidade da operação, quando o software VMS, responsável por gerenciar as imagens capturadas pelo CFTV, está integrado ao software de alarmes, não é necessário duplicar cadastros e nem gerenciar eventos diferentes.

As imagens ficam vinculadas ao evento de alarme, são guardadas no servidor e podem ser reassistidas sempre que necessário.

Neste vídeo, explicamos melhor como uma solução de VMS integrada com o software de alarme promove eficiência para operação de monitoramento.

Gostou do texto? Continue lendo sobre as vantagens do monitoramento via VMS neste artigo É possível monitorar apenas pela interface do VMS?

[dot_recommends]